A Última Carta de Amor por Jojo Moyes


Duas mulheres. Uma mesma situação. Posições diferentes. E quarenta anos de diferença entre suas histórias. Ellie Haworth e Jennifer Stirling tem mais em comum do que podemos imaginar.
Nos anos 60, Jennifer Stirling, uma mulher da alta sociedade inglesa, acorda em uma cama de hospital. Sem memória, ela vê um homem que diz ser seu marido e que vai levá-la para casa. Depois de algum tempo recuperada do acidente que sofreu Jenny ainda não consegue lembrar-se de nada. Ela se vê em uma mansão , com um governanta leal e um marido,  que embora a dê todo conforto possível e pareça bastante amável, não é o homem que ama. Algum está faltando. Mesmo voltando ao que parece ser sua rotina, regada de festas glamorosas e muito bebida, Jennifer ainda sente que algum não está no lugar. Em um determinado dia,  acha uma carta em casa endereçada a ela. Uma carta de amor e a assinatura não é a do seu marido, é a do misterioso “B”. Ao perceber que estava vivendo um romance fora do seu casamento, algum dentro dela a faz perceber que arriscaria tudo para está com esse rapaz. Ou ela já arriscou?
Quarenta anos depois, a jornalista Ellie Haworth encontra algumas cartas endereçadas a Jennifer, no jornal em que trabalha.  Depois de lê-las, ela se relaciona emocionalmente com os personagens, já que também vive uma conturbada história com um homem casado. Obcecada por encontrar os dois protagonistas dessa história, Ellie não sabe que também encontrará uma resposta para o seu complicado relacionamento.
As histórias das duas personagens vão se alternando no decorrer do livro. Uma hora estamos no presente, em outra, somos remetidos ao passado. Mas isso é de forma bem clara, sem deixar o leitor confuso.
A narrativa de Jen é no passado, conta um pouco da sua vida com um marido ricaço e da paixão proibida pelo correspondente internacional, Anthony O’Hare. É tanto encontro e desencontro, antes e depois do acidente de Jennifer, entre esses dois que chega a cansar.
Vemos que a diferença do tempo não muda esse sentimento chamado paixão. Enquanto Ellie é totalmente independente financeiramente, Jennifer vive à custa do marido, coisa muito comum na época. Mas que uma está disposta a largar o conforto e viver uma aventura de amor, enquanto a outra está presa a se relacionar com um homem casado que só a quer fisicamente.
No começo de cada capitulo existe pequenos trechos de cartas de apaixonados (ou nem tanto assim).
O mais interessante para mim foi que tanto Ellie quanto Anthony são jornalistas. A própria escritora, Jojo Moyes, é. Então a vivencia dentro da redação é muito bem apresentada.
O livro enrola um pouco. Poderíamos ser poupados de vários acontecimentos desnecessários. A narrativa é pesada. Mas em suma, ele te prende. Principalmente do meio para o fim. Fiquei feliz de não ter largado a leitura, porque o final, apesar de ser bastante clichê, me deixou com um sorriso no rosto. 

 
Título Original: The Last Letter from Your Love  ★★★
Editora Nacional: Intrínseca
Autor: Jojo Moyes
Páginas: 378

13 comentários:

Déborah-alana disse... Responder comentário

Oie, adorei a resenha, mesmo o livro enrolando um pouco parece ser muito bom, curti ;* beijinhos

http://deborah-alana.blogspot.com.br/

Angélica disse... Responder comentário

deve ser um ótimo livro :)
beijos

www.tracasebaratas.blogspot.com

Tay disse... Responder comentário

Awn só a capa desse livro já me conquistou, fiquei louca para lê-lo depois dessa resenha :)
bjus

Carol Nana disse... Responder comentário

Muito legal a resenha, o livro parece ótimo!
Beijos,Carol Nana
www.chadatarde.com

Lili disse... Responder comentário

Seu blog é muito legal ,uma resenha mais linda que a outra ,adoro!
Beeijos >> day-princess.blogspot.com

Ringo disse... Responder comentário

Owwwn, amei. A capa é um amor! A história parece meio enjoada e complexa, mas pelo que você disse deve valer a pena a leitura. Tentarei encontrar e ler! :)

Mermaidbox

Luara Cardoso disse... Responder comentário

Já tava entrando em desespero. Como assim o livro enrola e é uma narrativa pesada? Tinha uma visão completamente diferente dele. :O
Mas pelo o que você falou do final, já tá mais pro lado que eu esperava...
Mas enfim, agora quero mesmo lê-lo. :)

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Emanuella Casado disse... Responder comentário

@Luara Cardoso Eu tbm tinha essa visão, Laura. Até ler =/

brenda disse... Responder comentário
Este comentário foi removido pelo autor.
brenda disse... Responder comentário

Ameii amo ler depois vo prucura esse livro bjss

www.brenda-caroline1211.blogspot.com

Paloma Viricio:: Jornalismo na Alma:: disse... Responder comentário

Aii...eu quero ler esse livro! Mesmo sendo a narrativa um pouco pesada, se tem jornalista no meio eu adoroo!^^
Beijocas!
http://palomaviricio.blogspot.com.br

Dasty-Sama disse... Responder comentário

Não conhecia esse livro, mas a história parece ser fascinante. Adoro histórias que acontecem no passado, ainda mais quando se misturam com acontecimentos atuais. Fiquei com muita vontade de ler!

Anônimo disse... Responder comentário

Esse livro é simplesmente maravilhoso! Entrou para os meus favoritos.

Postar um comentário