Possessão (2012)


Talvez esse tenha sido um dos filmes mais esperados do ano por mim, porque cada vez mais estou ligada ao terror. Estou me empurrando ao limite do medo para vê até onde aguento, acho eu.  E logo quando se trata de possessão, que é um dos meus assuntos favoritos, eu piro.

No longa, uma garotinha de 12 anos, a Em (Natasha Calis), compra uma caixa misteriosa em um bazar, que a principio não se consegue abrir. Clyde (Jeffrey Dean Morgan), recém separado da mãe de Em, leva ela e a irmã para a nova casa. Mas cada vez o comportamento de Emily se mostra diferente quando se trata da caixa e ela está cada vez mais apegada ao artefato. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, Clyde vai em busca de respostas na religião judaica.

Possessão é baseado em uma notícia de jornal sobre uma família que luta contra um demônio conhecido como Dibbuk, do antigo folclore ídiche (judaico europeus) . O demônio, coletor de almas inocentes, vive dentro de suas vítimas (na sua maioria, meninas), literalmente, por isso o pôster da mão saindo da boca da garota.


O que me passou no filme, é que não é um terror para você sentir medo (Como assim, Emanuella?). É  algum mais emocional, você sente a agonia da que a família está passando. Não vai lá para te dar sustos, mas sim para te fazer refletir no que você realmente acredita e no que você pode fazer com o sobrenatural.

Dirigido por Ole Bornedal, o filme é bem levado a pensamentos que vão além do exorcismo. Como o mal pode está dentro de nós, representado pelo demônio,  e a fragilidade da família no século XXI. Não é lá muito assustador, tenho que admitir que esperava mais (#decepcionada?). Ainda assim saí bastante “satisfeita” do cinema e com o coração um pouco acelerado. Mas aquela sensação do mais do mesmo não pode ser esquecida, o longa não trás nada de novo, essa é a verdade! 

Nota: 6
Título Original: Possession
Direção: Ole Bornedal
Roteiro: Juliet Snowden e Stiles White
Elenco: Jeffrey Dean Morgan, Natasha Calis, Kyra Sedgwick, Jay Brazeau, Madison Davenport, Matisyahu. 




Nesse outro vídeo vocês conferem os atores (Jeffrey Dean Morgan e Natasha Calis) falando sobre coisas sobrenaturais que aconteceram durante as gravações. Fonte: Omelete

8 comentários:

Alexandre disse... Responder comentário

vou assistir ele Domingo espero que seja bom msm :D

Emanuella Casado disse... Responder comentário

@Alexandre vai, vc vai gostar :))

Karine Marinho disse... Responder comentário

Confesso que não tive coragem de ler nem sua resenha. Sério. Sou a pessoa mais facilmente "assustável" da face da terra. Resumindo não assisto filmes desse tipo mesmo que alguém fale que me pague. kkk' Ah, e o fato de ficar me remoendo sobre o assunto é que me fez não ler a critica :/
Beijos,K.
Girl Spoiled

Emanuella Casado disse... Responder comentário

@Karine Marinho não tem nada demais na crítica, acho eu rsrs, mas tudo bem! :*

Carissa Vieira disse... Responder comentário

Fiquei com vontade de assistir porque você disse que é mais pra refletir que para sentir medo.

Beijos,

Carissa
http://artearoundtheworld.blogspot.com

Mar Paschoal disse... Responder comentário

Nossa que horror!!

Flor, que pena que você acabou pegando muitas coisas no trailer.
A produção de alguns filmes e livros as vezes é ruim pois eles dão spoiler . Tem livro que até mesmo na sinopse dá spoiler e acaba com a graça.
A pessoa mesmo que vá sem ler o livro já sabe o que vai acontecer mais ou menos. Isso é bem ruim.

Mas espero que não tenha perdido a vontade !

Abraços. Mar
www.Imaginayre.com.br

Luks Vieira disse... Responder comentário

Vixe, nem sabia que estava em cartaz... Vou correndo assistir, será que tem em 3D?
Att.,
Luks

Emanuella Casado disse... Responder comentário

@Luks Vieira não tem em 3D :*

Postar um comentário